Home / PROGRAMAS / ESTUDOS / FINADOS

FINADOS

Amados, acho que o evangelho é bem claro.
Temos que mostrar para as pessoas no que a gente crê.
A separação vai doer? Vai doer, dói; mas a gente não vai duvidar. Vocês que perderam entes queridos, acreditam que eles estão no céu, estão com Cristo, estão com Deus.

A gente não pode abandonar as pessoas, ainda que seja na hora da dor. Fazer homenagem depois que a pessoa se foi é muito fácil. Quero ver homenagear em vida, enquanto está ali. Temos que aproveitar enquanto a pessoa está aqui com a gente, está viva; essa é a hora, esse é o momento. Olha, por mais que doa a gente não pode perder a fé em Deus. Por mais que tenhamos saudades, não podemos perder a fé em Deus. O que tem nos sustentado é essa fé
que Deus está com a gente, que Ele não vai nos abandonar, você crê nisso?

Morreu seu filho, seu pai, sua mãe… Não importa! Morreu, está com Cristo. Fica a dor?
Fica. Fica a saudade? Fica. Mas não duvide de Deus, não duvide de nosso Senhor Jesus Cristo.
Sempre digo a vocês: “Eu quero estar bem, quero estar com Cristo, quero ser feliz agora”.

Essa é a vida, a esperança que eu creio, diante dos obstáculos, eu sei em quem eu acredito. Tudo posso naquele que me fortalece; no Senhor sou mais que vencedor; pois, o Senhor é o meu Pastor e nada me faltará, é isso!

Meu amado e amada, dia de finados, é para relembrar de quem se foi, da dor física, emocional e espiritual. Vamos orar, falar com Deus; vamos nos preparar espiritual e emocionalmente.

Se a dor já chegou, eu não vou desistir; se a dor um dia me visitar, eu sei o que vou fazer. Quem canta ora em dobro.

Check Also

Viver é aprender